Algumas das principais corretoras de criptomoedas do país relatam mais cadastros, e volume de negociações cresce 84% no mês e 32% no trimestre

Algumas das maiores exchanges de bitcoins brasileiras tiveram aumento no número de clientes no mês de março, o ápice – até aqui – da queda generalizada causada pela progressão global e no Brasil da pandemia do novo coronavírus.

As corretoras de moedas virtuais FoxbitMercado BitcoinBitcoinTrade e Binance – esta uma das maiores do mundo e recém-chegada ao mercado nacional – relatam crescimentos de entre 15% e 30% nos cadastros na comparação com a média mensal de novos clientes registrada em 2019.

Ainda assim, e lado a lado com um significativo crescimento do volume de criptomoedas transacionadas no mercado nacional em março e no primeiro trimestre, é um resultado marcante, na contramão da aversão ao risco que tomou o mercado financeiro tradicional.

A Foxbit, por exemplo, relata aumento de 10% nos novos registros em suas plataformas em março frente à média de ingressantes em 2019. No trimestre, segundo a exchange, foram 10.753 novos clientes cadastrados.

Já a Binance, fundada em Cingapura e desde o fim de 2019 aceitando depósitos em reais para transacionar criptomoedas como bitcoin e ethereum, diz ter registrado crescimento de 16,1% no número de novos clientes no primeiro trimestre de 2020 na comparação com igual período de 2019. A empresa relata aumento ainda maior, de 24,9%, no saldo global de novos cadastros, dessa vez na comparação com o último trimestre de 2019.

A brasileira BitcoinTrade afirmou que o total de novos cadastros em março foi 30% maior que a média da casa nos 12 meses de 2019. Segundo a empresa, “Além do aumento no número de carteiras, tivemos também aumento [no volume] de depósitos na corretora, o que representa muitas pessoas comprando em um momento de baixa da cotação do bitcoin”.

FONTE: https://valorinveste.globo.com/mercados/cripto/noticia/2020/04/15/em-meio-a-crise-criptomoedas-tem-aumento-entre-15percent-a-30percent-no-numero-de-clientes.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *